Como MP pediu desculpas para Gilberto, Emanuel espera que se desculpe com Possas


Já que o promotor Célio Fúrio, da 35ª Promotoria de Justiça do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, encerrou o inquérito constatando que não havia irregularidades na compra dos respiradores e encaminhou um ofício ao secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, o prefeito Emanuel Pinheiro espera que como enviou os documentos, que o promotor tenha a mesma atitude com o ex-secretário Antônio Possas de Carvalho investigado por suposto faturamento na compra de ivermectina para o kit-Covid.

Para Emanuel a atitude de Fúrio é um avanço, mas espera que ele também tenha essa atitude, em relação ao secretário da capital e em qualquer secretário de Mato Grosso.
Só que por enquanto o caso ainda está sendo analisado se houve ou não superfaturamento na compra de ivermectina. A justiça ainda mantém Possas afastado do cargo de secretário e negou o pedido da defesa para que revesse o caso.
 

INFORMES PUBLICITÁRIOS