Menina índia de 14 anos é morta com tiro pelo marido

A índia Beatriz Morimã Tukumã, de 14 anos, foi morta com um tiro de espingarda no rosto dado pelo marido, Fernando Aceli Krixi, 19 anos, na aldeia Mayrob, nas proximidades de Juara, na tarde de ontem.

A polícia foi avisada pela enfermeira da aldeia que disse que havia acontecido um acidente com arma de fogo. Ela correu para ver o que era e encontoru a jovem com um tiro no rosto morta no chão.

O corpo foi encaminhado ao Hospital Municipal de Juara para exame de necropsia. Mas já se sabe que ela foi morta com uma espingarda calibre 32, dado pelo marido da vítima.

Ao ser preso em flagrante, Fernando alegou ao delegado Carlos Henrique Engelman que não sabia que a arma estivesse com munição e que não tinha intenção de matar a esposa.

A polícia investiga a versão dada por ele.

INFORMES PUBLICITÁRIOS