Projetos do Pantanal participam de ação para celebrar 8° aniversário da MaxMilhas

As instituições irão receber parte do valor das vendas no Dia Mundial das Milhas, em 6 de janeiro

O ano de 2020 foi especialmente difícil para a região do Pantanal. Além da pandemia de Covid-19, que afetou o mudo inteiro, a região também sofreu com um dos piores cenários de seca e queimadas da história. O fogo, que durou meses, consumiu mais de 30% do bioma e devastou mais de 4,5 milhões de hectares, trazendo consequências terríveis para a biodiversidade, a economia e para a comunidade pantaneira.

Para contribuir com o trabalho de preservação do Pantanal, dois projetos que atuam na região foram selecionados para a ação realizada pela MaxMilhas, plataforma de venda de passagens aéreas com desconto, em comemoração ao seu aniversário de 8 anos. A organização não-governamental SOS Pantanal e o Instituto Homem Pantaneiro irão receber parte do valor das vendas realizadas no Dia Mundial da Milhas, em 6 de janeiro. As instituições foram indicadas pelos funcionários da MaxMilhas e passaram por uma banca curadora ligada ao terceiro setor.

“Este ano fez com que todo mundo mudasse a rota dos seus planos. Diante do que passamos, cuidar uns dos outros nunca fez tanto sentido. E queremos celebrar nosso aniversário compartilhando o bem e convidando nossos clientes para, junto com a gente, abraçar o mundo”, afirma Tahiana D’Egmont, CMO e sócia da MaxMilhas.

COMO VAI FUNCIONAR – Primeiramente, os funcionários da MaxMilhas sugeriram instituições de diversos lugares do Brasil que realizam trabalhos sociais em diferentes segmentos.

A lista, que contou com 36 instituições, foi encaminhada a uma curadoria externa composta por três especialistas e atuantes no terceiro setor. Os curadores selecionaram as 11 entidades para a etapa final, que contará com a votação aberta do público.

Até o dia 5 de janeiro, quem entrar na página do Dia Mundial das Milhas pode votar na sua instituição preferida. As oito mais votadas irão dividir 90% do montante destinado à doação, que compreende 8% do valor das vendas do dia 6 de janeiro. As demais recebem os 10% restantes, também divididos em partes iguais.

“Procuramos ser o mais diverso possível e selecionar instituições que têm uma consistência de trabalho e estão ligadas às bandeiras sociais que a MaxMilhas levanta. São projetos que promovem a emancipação das pessoas e geram resultados para o futuro”, explica o curador Carlos Nagib, diretor-presidente da ONG Contato.

Veja a lista, em ordem alfabética, das organizações selecionadas para votação popular:

- Associação Mineira de Reabilitação (AMR)

- Associação Peter Pan

- Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira (Cenarab)

- Cruz Vermelha Brasileira

- Instituto HAHAHA

- Instituto Homem Pantaneiro

- JA Brasil

- Mão na Massa

- Meninas de Sinhá

- SOS Pantanal

- TETO Brasil

SOBRE A MAXMILHAS - A MaxMilhas é uma plataforma pioneira de pesquisa, comparação e compra de passagens aéreas mais econômicas, que oferece combinações inteligentes de tarifas, entre elas, passagens emitidas com milhas de vendedores cadastrados no site. Criada em 2013, em Belo Horizonte (MG), já atingiu a marca de 6 milhões de viagens realizadas e 60 bilhões de milhas negociadas. Ao longo de sua trajetória, a startup integrou o programa da Endeavor (2017), foi eleita Startup do Ano pelo Startup Awards (2017), entrou no ranking das revistas Época Negócios e PEGN das "100 Startups Brasileiras para Ficar de Olho” (2018), conquistou o Prêmio E-Commerce Brasil de Inovação (2018). 

INFORMES PUBLICITÁRIOS