Marido mata mulher com tiro de espingarda de pressão

Angélica Aparecida Gaio, 30 anos morreu ontem(09) ao ser atingida por um tiro dispardo no rosto de uma espingarda de pressão pelo próprio marido.

Ele disse a polícia que o tiro teria sido acidental, e que no momento os 2 estavam na casa d eum cliente para fazer ums erviço de marcenaria quando ele viu a espigarda de pressoa e que ao acionar o gatilho em outra direção não disparou então virou a arma para o rosto da esposa e dessa vez aconteceu o disparo.

Ela foi levada para o Hospital Regional de Sorriso, mas nao resistiu ao ferimento e morreu.

O marido ficou transtornado e foi preso em flagrante e conduzido à delegacia.

 

INFORMES PUBLICITÁRIOS