Indea deve ter mulher no comando

Após a polêmica de assedio sexual dentro do gabinete da presidência do Indea, o governador Mauro Mendes deve nomear agora, uma servidora de carreira do Estado para assumir a presidência do Instituto.

Ela é  Daniella Bueno, médica veterinária e a indicação é dos próprios servidores e produtores que pediram que ela assuma ao secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, e de Planejamento, Cesar Miranda.

Após o caso de assédio a uma assessora dentro do órgão vir à tona, cometido pelo presidente do Instituto, Marcos Catão Dornelas Vilaça, a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, veio a público e pediu pessoalmente que o governador tome providências.

EXPERIENTE

Daniella Bueno atua há 18 anos na administração pública, especificamente no Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) – onde exerceu as funções de coordenadora de Defesa Sanitária Animal, diretora técnica e também ja foi presidente. Ela possui especialização em Epidemiologia e Sanidade Animal, Direito Administrativo e processo Administrativo no setor público, também em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching e, atualmente, se especializa em Gestão Estratégica de Negócios.

Atuante no Conselho de Medicina Veterinária, Daniella foi conselheira efetiva (entre 2011/2014) e vice-presidente do CRMV-MT na gestão 2014/2017. 

INFORMES PUBLICITÁRIOS