Polícia fecha baile de carnaval clandestino em VG que tinha até abadá

Na noite de sábado(13) a polícia fechou um baile de carnaval que tinha até abadá feito clandestinamente com mais de 160 pessoas participando em um buffet em Várzea Grande.

No local que apesar de não ter a autorização da prefeitura para a realização, estava toda decorada e com muita bebida. Os organizadores ainda tentaram ludibriar a polícia dizendo que era um aniversário, mas o abadá da festa denunciava.

Participaram da fiscalização a Guarda Municipal, Polícia Militar e Vigilância Sanitária para articular uma operação de forma sigilosa.

 

O decreto  em VG,  permite festas particulares até 100 pessoas e lá o público era maior que o permitido.

 

 



INFORMES PUBLICITÁRIOS