Técnico campeão estadual com o Mixto revela obsessão pelo título: “A pressão é grande”

O Alvinegro da Vargas foi campeão mato-grossense feminino ao golear o Ação na final, na Arena Pantanal

“Ser campeão pelo Mixto é diferente”. Essas foram as palavras do vitorioso técnico César Fuscão logo após a goleada por 8 a 0 do Alvinegro da Vargas sobre o Ação, na final do Campeonato Mato-grossense Feminino. Nesta sexta-feira, na Arena Pantanal, as Tigresas não deram chances para o rival e se sagraram campeãs estaduais.

O comandante do Mixto levantou o seu terceiro troféu de campeão mato-grossense feminino. Em 2018 e 2019, César Fuscão era o técnico do Operário Ltda. Mas dessa vez ele garante que teve um gosto especial.

“Ser campeão pelo Mixto é diferente. O Mixto tem uma camisa pesada. A torcida estava carente e por isso a pressão era grande. Quem está dentro do futebol e quer grandes coisas, tem que trabalhar sobre pressão e com a exigência. Sempre passei isso para as meninas. Esse título do Mixto foi diferente pra mim, eu não dormi essa noite, pensando nessa conquista”, disse César.

Este título garante ao Mixto ser o represetante de Mato Grosso na disputa da Série A2 do Campeonato Brasileiro, que será realizado ainda este ano.

“Vamos planejar, temos dois ou três meses antes do Brasileiro pra treinar, organizar uma equipe, de buscar mais peças. Temos que sentar na próxima semana pra já começarmos a pensar em um time forte do Mixto pra representarmos bem no Brasileiro”, completou o treinador. 



INFORMES PUBLICITÁRIOS