Operação Castelo de Areia apreende adolescentes membros de facção

Foram aprendidos em  Barra do Garças  na Operação Castelo de Areia adolescentes envolvidos na morte de um casal com requintes de tortura em fevereio.

 A equipe da Delegacia Especializada do Adolescente de Barra do Garças (DEA-BG), coordenada pelo delegado Joaquim Leitão Jr.,apreendeu, nesta quarta-feira (31/03), dois adolescentes envolvidos na ocultação de cadáver e homicídio duplamente qualificado. O cumprimento das ordens judiciais contou com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e da 2ª Delegacia de Barra do Garças.

O crime vitimou dois jovens identificados como Marylia Eduarda Ferreira Gonçalves, 19 anos, e Marcus Otávio da Cruz Melo, 20 anos, e gerou repercussão no município. Os corpos foram encontrados em avançado estado de decomposição no dia 15 de fevereiro, em um sítio, às margens da BR-070.

Um dos adolescentes assumiu a autoria do homicídio e delatou o envolvimento dos demais comparsas na ocultação dos cadáveres e na integração de uma organização criminosa.

O adolescente se intitula membro de uma organização criminosa e informou que efetuou toda a trama contras as vítimas, além de arquitetar a ocultação dos cadáveres, juntamente com os comparsas. O rapaz de 17 anos também assumiu a autoria de outro ato infracional análogo ao crime de homicídio.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão foram apreendidos na residência de um dos adolescentes, munição calibre 38 e droga. Diante do flagrante, ele responderá pelos atos infracionais de posse de munição e de drogas análogas aos aludidos crimes.

Os policiais também apreenderam um notebook e aparelhos celulares.

Os adolescentes apreendidos serão encaminhados para uma unidade de internação do Sistema Socioeducativo. 



INFORMES PUBLICITÁRIOS