Eduardo Henrique reassume comando do Mixto Esporte Clube

Num estado em que o calendário a maioria dos clubes tem atividade no máximo por quatro meses, o técnico Eduardo Henrique vive uma situação quase inusitada. Diferente da maioria de seus companheiros de profissão.

Contratado pelo Mixto ainda em junho do ano passado para reestruturação do futebol profissional -, o treinador não sabe o que é ficar desempregado neste período de suspensão do futebol brasileiro até esta temporada por causa da pandemia do novo Coronavírus.

No fim do ano passado, sem calendário, já que o Alvinegro tinha acabado de cair para a Segundona deste ano, ele foi liberado pela diretoria mixtense sob presidência de Vinícius Falcão para comandar o Luverdense na reta final do Estadual.

No afogadilho, conseguiu o feito de levar o Verdão do Norte até a fase semifinal, eliminando o todo favorito Cuiabá na melhor de dois jogos. Além disso, levou a equipe de Lucas a assegurar a terceira vaga de Mato Grosso para a Copa do Brasil deste ano, derrotando o Dom Bosco também na melhor de duas partidas.

Há dez dias foi demitido do Luverdense, mesmo levando o clube a segunda fase da Copa do Brasil. Contudo, agora está de volta para comandar o Mixto na disputa da Segunda Divisão, que começará a ser disputada no mês de junho.

A Gazeta (foto: Só Notícias/arquivo)
 



INFORMES PUBLICITÁRIOS