Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
UNIMED MARÇO

PolíticaAL aprova reforma da Previdência com 16 votos a favor e 8 contra

Postado 2 meses atrás Fonte: redação

Mesmo com a carreata dos servidores públicos organizada pelo Fórum Sindical, a Assembleia Legislativa hoje(12),  aprovou por 16 votos favoráveis contra 8, em segunda votação a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 06/2020 – que trata da Reforma da Previdência dos servidores de Mato Grosso.

Agora devem entrar em votação as emendas "em destaque" apresentadas a matéria. O projeto tem várias emendas de lideranças partidárias solicitadas pelo Fórum Sindical.

A PEC tem como ponto polêmico a mudança da idade mínima para aposentadoria voluntária, passando para 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens. Já o servidor será aposentado compulsoriamente aos 75 anos, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição.  

O governo diz que com essa reforma vai equilibrar o sistema previdenciário de Mato Grosso. Em 2019, o déficit financeiro foi da ordem de R$ 1,328 bilhão e consta de um passivo atuarial na ordem de R$ 65,780 bilhões.  

O Executivo prevê que, no período de 10 anos, economizará R$ 25 bilhões para cobrir o déficit da Previdência. 

Votaram favoráveis a Reforma da Previdência

Carlos Avalone (PSDB)

Dilmar Dal Bosco (DEM)

Xuxu Dal Molim (PSC)

Dr. Gimenez (PV)

Nininho (PSD)

Paulo Araujo (PP)

Romoaldo Jr. (MDB)

Pedro Satélite (PSD)

Ulysses Moraes (PSL)

Wilson Santos (PSDB)

Claudinei Lopes (PSL)

João Batista (PROS)

Faissal Calil (PV)

Dr. Eugenio (PSB)

Max Russi (PSB)

Eduardo Botelho (DEM)

Votaram contra a Reforma da Previdência

Thiago Silva (MDB)

Silvio Fávero (PSL)

Elizeu Nascimento (DC)

Janaina Riva (MDB)

Lúdio Cabral (PT)

Allan Kardec (PDT)

Waldir Barranco (PT)

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.