Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
UNIMED MARÇO

PolíciaCaso Isabele: Deddica ouve atendentes do SAMU que atenderam ocorrência

Postado 2 semanas atrás Fonte: redação
Foto: BRUNO PINHEIRO TV VILA REAL

Na manhã desta quinta-feira(30)  a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) ouviu os profissionais do SAMU que atenderam a ocorrência no Alphaville I no dia da morte de Isabele Guimarães de 14 anos que levou um tiro acidental da amiga.

Eles não falaram com a imprensa, mas estavam com os documentos referente ao atendimento feito naquela residência.

Até agora o que se sabe é que o laudo de necropsia da adolescente aponta que ela  levou um tiro de uma curta distância de uma pistola PT 380.
 
E também que  o empresário Marcelo Cestari, pai menor que atirou em Isabele, ligou para várias pessoas antes de ligar para o SAMU. Quando chegaram ela estava morta.


 

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.