Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
UNIMED MARÇO

EconomiaComércio busca horário alternativo para não fechar as portas por conta do Coronavírus

Postado 4 meses atrás Fonte: cdl

CORONAVÍRUS - NOTA OFICIAL DA CDL CUIABÁ


Diante do possível agravamento em decorrência da disseminação da COVID-19, lideranças empresarias do Estado têm se reunido em busca de se tentar alternativas para o comércio enfrentar o período de crise econômica que deve se instalar no País.
Em reunião na manhã desta quarta-feira (18.03), na Fecomércio, a CDL Cuiabá juntamente com outras entidades representativas, em conjunto, decidiram buscar algumas medidas junto as esferas públicas, tanto municipal, estadual, quanto federal.
Essas ações, que fazem parte de um documento a ser divulgado ainda hoje pelas entidades, visam minimizar os impactos para a sociedade como um todo, protegendo, principalmente os empregos e empregadores.
Além disso, assim como os Shoppings da capital, a CDL Cuiabá sugere que o comércio estude a possibilidade de trabalhar apenas em um turno, por exemplo, das 10h às 18h. A ideia é minimizar a carga de trabalho, diminuir o trânsito e tentar sensibilizar o governo a não decretar o fechamento do comércio.
Outra orientação será de que os mercadistas limitem a quantidade de produtos por pessoa. Da mesma forma a entrada de consumidores dentro do estabelecimento, no sentido de não haver aglomerações, como nos supermercados, por exemplo. 


Vale ressaltar que não é momento para pânico, não faltarão produtos nos mercados, conforme nota já emitida pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Não há risco de falta de alimentos nas lojas. Portanto, a população não precisa se preocupar, os supermercados estão preparados, inclusive, para aumentar o abastecimento, caso necessário.


É um momento em que é preciso equalizar todos os pontos, visando não deixar chegar ao caos. Trata-se de um processo também de reeducação de hábitos, importante seguir os protocolos do Ministério da Saúde e encontrar ações que minimizem os impactos na economia e que preserve, principalmente, a saúde do cidadão.


Nelson Soares
Presidente CDL Cuiabá

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.