Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
ENERGISA CORONA

ArtigosNovembro azul 2015

Postado 5 anos atrás Fonte: JUACY DA SILVA

Há poucos dias foi encerrada a CAMPANHA OUTUBRO ROSA, que representa um alerta para as mulheres e seus familiares quanto aos riscos do CANCER DE MAMA e a importância dos exames preventivos para diagnosticar precocemente este tipo de doença, que a cada ano mata quase 20 mil mulheres em nosso país Agora, com o estímulo da OMS - Organização Mundial da Saúde, estamos no início do NOVEMBRO AZUL, mes dedicado ao alerta mundial quanto aos perigos e riscos que o CàNCER DE PRÓSTATA oferece aos homens que, principalmente por machismo ou ignorância, se recusam a realizar os exames preventivos, incluindo o famoso, detestável e temido TOQUE RETAL, fundamental, além do exame de sangue PSA, para detectar com muita precocidade a existência de câncer de próstata. Outro exame nesta bacteria de prevenção contra o câncer de próstata e outros mais é a ultrasonografia do abdomem. Em 2015 estão previstas 245.641 mortes por câncer no Brasil, incluindo todos os tipos da doença, ambos os sexos e todas as faixas etárias. Desse total pouco mais da metade , 132.126 das vítimas serão homens, mais do que o dobro de todos os assassinatos que tanta notícia e medo infunde na população brasileira que vive a mercê da bandidagem. Isto demonstra que além da violência percebida e denunciada pelos diversos meios de comunicação, também existe uma enorme violência oculta que está vitimando centenas de milhares de pessoas todos os anos . Muitas, talvez a grande maioria, dessas mortes poderiam ser evitadas, se a saúde pública funcionasse a contento e não fosse o caos que atualmente a caracteriza, principalmente pela incompetência e incúria de nossas autoridades. Em dez anos o Ministério de saúde deixou de aplicar mais de R$185 bilhões , apesar de que o OGU – Orçamento Geral da União contemplasse recursos para vários programas que não funcionam a contento, isto é um crime contra a população perpretado pelos nossos governantes. Voltando ao NOVEMBRO AZUL, neste ano - 2015 – o câncer de próstata deve ser a causa de morte para 18.850 homens, um aumento de 9,5% na mortalidade por este tipo de câncer em 3 anos, pois em 2012 morrerram 17.218 homens por esta causa. As previsões do Globocan –organismo de pesquisa e monitoramento de câncer , ligado a OMS, indica que entre 2015 e 2035, o número de mortes por câncer de próstata no Brasil deve aumentar em 105,1%, passando de 18.850 mortes neste ano para 41.469 óbitos dentro de 20 anos. O mais alarmante é que a cada ano, devido ao envelhecimento da população brasileira, o percentual de mortes por câncer de próstata vai atingir muito mais homens com mais de 65 anos de idade, passando de 89,4% em 2015 para 92,8% em 2035. Segundo dados e estimativas do Globocan, entre 2012 e 2035 só de câncer de próstata deverão morrer nada menos do que 658.303 homens no Brasil, número igual a 3,5 vezes mais do que todas as pessoas mortas em Hiroshima e Nagasaki devido ao bombardeio atômico feito pelos EUA em 1945 e fato que ainda hoje causa tanta consternação no mundo todo. Todavia, diante de tantas mortes por todos os tipos de câncer e principalmente de câncer de próstata em nosso país, este sofrimento de milhares de pessoas , seus familiares e amig@s, parece nada representar, principalmente para nossas autoridades públicas que relegam a um plano secundário as necessidades e o sofrimento do povo, principalmente as camadas mais pobres,mais humildes e excluidas da sociedade e que precisam aguardar meses ou anos nas filas dos serviços especializados do SUS, um Sistema falido pelo descaso de nossos governaantes. Este descaso é um verdadeiro crime contra o povo e um desrespeito incabível contra os direitos dos pacientes, principalmente os portadores de câncer, que merecem não apenas nossa solidariedade, mas fundamentalmente, terem seus direitos rconhecidos. Nossa Constituição, a chamada Constituição Cidadã e a Lei de criação do SUS estabelecem que “saúde é um direito de todos e dever do Estado”. Todavia, como tantos dispositivos legais em nosso país, para milhares de pessoas que sofrem, mesmo recorrendo `a justiça para gaantirem o direito a vida, acabam sucumbindo, tudo isto é letra morta ou apenas belas frases de efeito, longe da realidade de quem enfrenta esta vergonha que é a nossa saúde pública. A burocracia, o descaso de nossas autoridades, a incompetência dos orgnismos públicos, principalmente de saúde e a corrupção estão matando, assassinando milhares de pessoas inocentes no Brasil, diversas vezes mais do que todos os assassinatos e mortes no trânsito que tanto aterrorizam a população. Que este NOVEMBRO AZUL sirva para uma reflexão mais profunda sobre esta questão do câncer de próstata e a saúde pública em nosso pais e que, fruto dessas reflexões, possamos dar novos rumos `a política e programas de saúde pública antes que a mortalidade aumente ainda mais.

 

JUACY DA SILVA, professor universitário, fundador, titular e aposentado UFMT, mestre em sociologia,articulista de jornais, sites e blogs. Email professor.juacy@yahoo.com.br Blog www.professorjuacy.blogspot.com Twitter@profjuacy

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.