Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
MALAI2

EsportePalmeiras vence Ponte e assume liderança do Grupo B do Paulistão

Postado 3 semanas atrás Fonte: gazeta esportiva

O Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Paulista neste sábado. Visitando a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela quinta rodada da competição, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo confirmou seu favoritismo e acabou saindo de campo com o importante triunfo por 1 a 0, gol de Willian.

Com o resultado, o Palmeiras assumiu a ponta do Grupo B, com dez pontos, e agora torcerá por um tropeço do Santo André contra o São Paulo, neste domingo, para se manter na liderança da chave. A Ponte, por sua vez, continua na segunda colocação do Grupo A, mas pode ver o Santos abrir quatro pontos de distância dependendo do resultado da partida contra o Botafogo-SP.

O próximo compromisso do Palmeiras no Paulistão acontece dia 16, às 16h (de Brasília), contra o Mirassol, no Allianz Parque. Será a primeira partida do Verdão no estádio após a instalação do gramado sintético. A Ponte Preta, por sua vez, visita o Ituano, dia 17, às 20h, no Novelli Júnior.

O jogo – O Palmeiras iniciou a partida de forma agressiva e logo aos três minutos por pouco não abriu o placar. Zé Rafael fez o desarme no meio-campo, já tocando para Dudu e invadiu a área para receber novamente. Com a bola nos pés, o camisa 8 cruzou rasteiro para alguém completar, mas o zagueiro Trevisan apareceu no meio do caminho para fazer o corte providencial.

A Ponte Preta, por sua vez, tentava agredir o rival com chutes de longa distância e através dos contra-ataques, que não conseguiam se encaixar no último terço do campo. Já o Palmeiras não quis saber de cerimônia e aos 28 minutos só não abriu o placar porque o goleiro Ygor Vinhas fez uma defesa espetacular. Pela esquerda, Dudu deixou o marcador no chão e tocou para trás, onde Lucas Lima apareceu batendo de primeira, no contrapé do goleiro da Macaca, que bloqueou o chute com o pé.

Já na reta final do primeiro tempo a partida ficou ainda mais quente. Aos 31, João Paulo arriscou da entrada da área e tirou tinta da trave de Weverton. Mas, logo em seguida, o Palmeiras jogou um balde de água fria nos donos da casa graças a Willian, que recebeu passe açucarado de Luiz Adriano e só tirou do goleiro para balançar as redes.

Antes de as equipes irem para o intervalo, a Ponte Preta ainda teve uma chance derradeira de empatar o jogo com Roger, que apareceu nas costas de Felipe Melo e cabeceou no cantinho, mandando rente à meta defendida por Weverton.

No segundo tempo foi a Ponte Preta quem voltou a campo mais agressiva. Logo aos 11 minutos, o time da casa teve uma grande oportunidade de empatar o jogo. Roger tocou de calcanhar para Bruno Rodrigues, que deixou a bola passar para Bruno Reis chegar batendo de primeira, da entrada da área, mas errou a mira.

A pressão da Macaca se manteve e aos 18 minutos Bruno Rodrigues cruzou na medida para João Paulo cabecear no cantinho, mas Weverton voou para fazer defesa espetacular em cima da linha. No rebote, Felipe Saraiva acertou o travessão.

Daí em diante o Palmeiras ficou ainda mais fechado esperando o adversário deixar espaços a serem explorados, mas, com isso, a pressão da Ponte Preta também aumentou. Tentando o gol de todas as formas, a Macaca, já nos acréscimos, teve uma última oportunidade, talvez a melhor do jogo, de empatar, mas João Paulo acabou parando em Weverton ao sair cara a cara com o goleiro palmeirense dentro da área.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.