Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
MALAI4

PolíciaPoliciais civis e militares prendem sete criminosos em Cuiabá

Postado 5 meses atrás Fonte: Assessoria

Policiais civis e militares distribuídos em equipes nos bairros Pedra 90, Fortaleza, Lixeira, Praeirinho, Residencial Coxipó, Santa Terezinha, Jardim Paraíso e Maria de Lurdes, cumpriram nesta quinta-feira (18.07) dez mandados de busca e apreensão em operação conjunta contra o tráfico de drogas.

Os mandados foram expedidos pela Vara de Delitos de Tóxicos de Cuiabá, após averiguações de denúncias de comércio de drogas, nas chamadas "bocas de fumo", instaladas nesses bairros.

O objetivo da operação, além do combate ao tráfico de drogas, foi a diminuição de crimes conexos, como roubos, furtos e homicídios. A ação ocorreu por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) com o 1º BPM, 3º BPM, 24º BPM e a Força Tática da Polícia Militar.

Nos locais averiguados, foram apreendidas porções de drogas, dinheiro, caixas de cigarro e uma arma de fogo do tipo espingarda.  

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira destacou a integração das Polícias Civil e Militar no fortalecimento do combate ao tráfico de drogas na região metropolitana.

“Fizemos um levantamento e nesta manhã cumprimos em conjunto com a PM dez mandados de busca e apreensão. Agora, o objetivo é dar continuidade nas investigações para que possamos identificar outros envolvidos nessa associação criminosa", pontuou o delegado.

O tenente-coronel da Polícia Militar, Avelino Neto, também comentou o trabalho integrado realizado nesta manhã.

“Essa é uma operação muito importante que destaca a integração entre as Forças Policiais no enfrentamento à criminalidade. Essas ações, além de serem repressivas, têm um impacto muito grande na questão da prevenção, porque demonstra que as Forças Policiais estão trabalhando em prol da criminalidade. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão caminhando juntas para redução da criminalidade na Grande Cuiabá e em todo o Estado de Mato Grosso”, afirmou.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.