Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
NOTA CUIABANA

Mato GrossoRegional MT e lideranças do Sistema Confea Crea e Mútua debatem demandas da engenharia em Natal

Postado 1 mês atrás Fonte: Cristina Cavaleiro

Desde quarta-feira, 14 de agosto, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), João Pedro Valente e o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica (CEEE), conselheiro Marcos Vinicius Santiago estão participando   da 4ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua, no Hotel Barreira Roxa, em Natal no estado do  Rio Grande do Norte.

“ A pauta é extensa desde o primeiro dia do encontro. Os presidentes dos Creas de todo país estão discutindo temas importantes para a engenharia, agronomia e geociências. Entre os assuntos estão: o salário-mínimo profissional, programa de auxílio financeiro aos Conselhos Regionais, atividades de Microempreendedor Individual (MEI), engenharia de avaliações e a PEC 108/2019 que propõe extinguir a inscrição obrigatória em conselhos”, detalhou o presidente do Crea Mato Grosso, João Pedro Valente.

Ainda com relação a MEI, João Pedro Valente questionou ao coordenador geral  do Programa  junto ao Ministério  da  Economia,  Fábio Silva se poderia usar MEI para contratar serviços  de limpeza  nas inspetorias. Segundo Valente, Fábio pediu informações sobre as inspetorias para fazer um projeto piloto, disponibilizando o Regional Mato-grossense para experimentar a ideia colocada durante o encontro.

Já para o coordenador da CEEE do Regional Mato-grossense, Marcos Vinicius Santiago, é importante a participação dos coordenadores de Câmaras Especializadas do Crea-MT nas reuniões do Colégio de Presidentes, pois o encontro é um órgão consultivo do sistema Confea/Crea e Mútua. Durante as reuniões são debatidos diversos assuntos importantes para os profissionais do sistema e a sociedade.

 

“ Os resultados das propostas aprovadas demostram a necessidade de viabilizar procedimentos para uniformização de ações nos Creas. Entre os temas estão também a padronização pelas Coordenadorias de Câmaras Especializadas dos Creas e procedimentos para cadastros de cursos e registros de egressos de ensino a distância”, explicou o conselheiro do Crea-MT.

Contando com a presença do vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto, e do deputado estadual Allyson Bezerra, presidente da Frente Parlamentar da Engenharia da Assembleia Legislativa do RN.

A presidente do Crea-RN, Ana Adalgisa Dias destacou a importância das discussões abordadas durante a reunião. “É um momento relevante para o Crea-RN, pois durante esses três dias vamos ser a capital da engenharia, agronomia e das geociências, discutindo temas de interesse para sociedade e debatendo estratégias para evitar que essas mudanças ocorram, o que acarretaria um prejuízo para os profissionais”, disse Adalgisa.

Ainda durante a abertura do evento, o vice-governador do estado Antenor Roberto defendeu os conselhos. “As atividades dos conselhos profissionais não obstaculizam o desenvolvimento, por isso o caminho é de fortalecer e não de desmantelar essas instituições”, simplificou Antenor.

Ainda de acordo com o governador, o progresso não pode colidir com ações de regulação e controle.

“A Proposta de Emenda à Constituição nº 108/2019 é um ataque à regulamentação das profissões que são imprescindíveis. Que a resistência de vocês ganhe eco na sociedade, porque ela só tem a ganhar com o trabalho dos conselhos profissionais”, encorajou o representante do Estado do RN que atualmente enfrenta situação de calamidade financeira e precisa dos conselhos para enfrentar essa situação, segundo o vice-governador. “Quando a economia vai mal, ninguém vai bem”, pontuou Antenor sugerindo que os presidentes de Creas e do Confea apontem soluções para os desafios atuais, levando em conta a repercussão das atividades econômicas nas profissões.

Avanços da Mútua

Os trabalhos desempenhados pela Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua) foram apresentados pelo presidente da instituição, engenheiro civil Paulo Guimarães. Entre os avanços, mudança recente para nova sede, com instalações para atender profissionais e sociedade. O Portal da Transparência está em fase de conclusão e o número de associados duplicou entre 2015 e 2018, somando hoje 138 mil filiados. A instituição manteve a certificação da ABNT NBR IS0 9001/2015, que reconhece o cumprimento dos requisitos de gestão de qualidade.

A reunião segue até sexta-feira (16), com debates sobre salário-mínimo profissional, programa de auxílio financeiro aos Conselhos Regionais, atividades de Microempreendedor Individual (MEI) e engenharia de avaliações.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.