Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
MALAI4

EsporteRepaginado, Catarinense de Rally Regularidade coroou os campeões da temporada 2019

Postado 1 semana atrás Fonte: ISIS MORETTI

Terminou o Campeonato Catarinense de Rally Regularidade 2019. Com organização da Trecho 1, a quinta e última etapa da temporada foi realizada neste último sábado, 02 de novembro, na cidade de São José – na Grande Florianópolis, SC, e reuniu 52 duplas divididas nas categorias Máster, Graduado, Turismo, Turismo Light, Pais e Filhos e Universitário 4x2 e Quadriciclos. Ainda, mais 12 veículos formaram o comboio da Passeio 4x4. 

Durante a largada, a chuva deu o “ar da graça” e aumentou o nível de dificuldade do percurso, acirrando ainda mais a competitividade entre os participantes. Foram cinco horas e 184 quilômetros de disputa, no mais alto nível da adrenalina. O trajeto passou pelo interior de São José, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, Rancho Queimado e São Pedro de Alcântara. 

O roteiro adentrou uma fazenda de plantação de pinus e passou por diversas estradas vicinais, subiu serras e atingiu mil metros de altitude. As médias de velocidade estavam justas e, em um trajeto com muitas curvas e piso liso, os navegadores tiveram de ajustar a todo o momento o hodômetro. 

Com o final desta temporada, o diretor de prova, Alexandre Rech, se disse orgulhoso por estar à frente do Catarinense de Rally Regularidade e agradeceu aos Jeep Clubes que o apoiaram na concretização das etapas, e ao antigo diretor do evento, Edson João da Costa, que confiou a ele a continuidade deste importante campeonato. “Obrigado a todas as pessoas que apoiaram o meu nome e me incentivaram a seguir com o Catarinense. O saldo foi bastante positivo”, comentou Rech, destacando. “A FAUESC – Federação Automobilismo do Estado de Santa Catarina – também ofereceu um apoio fundamental durante este ano e, para 2020, os campeões de todas as categorias receberão a afiliação gratuitamente. Isso é uma mostra do quanto estamos caminhando juntos para o crescimento do rali de regularidade em Santa Catarina”  

Para encerrar a temporada 

E não houve uma só dupla que não teve o pódio como objetivo! Com chances ou sem chances de conquistar o título, o sentimento de subir no último pódio da temporada é sempre especial. Portanto, dentro das trilhas, ninguém aliviou o pé e todos suaram para cumprir as médias de velocidade e não perder um segundo sequer. 

Na categoria Máster, o piloto Gustavo Schmidt e o navegador Tiago Poisl estavam inspirados e sacramentaram o ano com mais uma vitória. Eles fizeram 325 pontos e venceram a etapa com 32 pontos de vantagem para Rafael Cardoso e Marcelo Almada Coelho Ritter, que ficaram na segunda posição com apenas um ponto de diferença para Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky (357 e 358 pontos, respectivamente). 

Na categoria Graduados, os melhores foram Juares José Veloso Lacerda e Paulo Roberto de Oliveira, com 314 pontos. Em segundo lugar, vieram Rui Cesar Schmitz e André Luiz Lenger (330 pontos), com Júlio Schlindwein Júnior e Ivan Laidens (363 pontos), na terceira posição. 

Entre os participantes da Turismo, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade entraram mais focados do que nunca e, com 439 pontos comemoraram o primeiro lugar. Eles foram seguidos por Fábio Francisco Dalpaz e Deivid Giacometi (529 pontos), e Fernando Amorim da Silveira e Isabel Lohn (536 pontos), nas segunda e terceira colocações, respectivamente. 

O piloto Mauro Cesar Ihacos e o navegador André Hackmann venceram na Turismo Light, com 399 pontos. A dupla Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte ficou em segundo lugar (com 664 pontos), e Ramon Oliveira de Souza e Diógenes Pegoraro, em terceiro (com 775 pontos). 

Na Pais e Filhos, Osmar Fleischmann e Vitor Fleischmann sagram-se campeões da etapa, com Ricardo Hoffmann e Guilherme Hoffmann na segunda posição (844 pontos), e Oscar José Schmidt e Oscar Schmidt Bisneto, na terceira colocação (2.633 pontos). 

Pela categoria Universitários, melhor para Luan Farias Paranagua e Henrique do Amaral Esmeraldino (3.494 pontos), que foram seguidos por Moacir José Cunhago e Aline Klug (168.327 pontos). 

E por fim, os irmãos de quadriciclos, Ricardo Luiz Santos e Luiz Eduardo dos Santos, representaram os pilotos da categoria, como vitória de Ricardo, com 1.069 pontos). 

* Resultado completo do campeonato: https://bit.ly/32eaxvF

E chegou a hora de comemorar o título 

Foram cinco etapas disputadas... O Campeonato Catarinense de Rally Regularidade passou por São Bento do Sul (março), Joinville (junho), Brusque (junho), Nova Veneza (setembro) e São José (SC). Pilotos e navegadores percorreram centenas de quilômetros, exploraram diversas trilhas e fazendas, aceleraram por terrenos com os mais variados obstáculos naturais. Todos foram peças fundamentais para sucesso desta temporada que bateu recorde de inscritos. 

Campeões do Rally dos Sertões, a dupla Gustavo Schmidt e Tiago Poisl teve um ano memorável. Inspirados, eles venceram praticamente todas as competições que participaram e, no Catarinense não foi diferente (eles ganharam quatro das cincos etapas realizadas e sagraram-se bicampeões). “Foi uma temporada incrível para nós! E essa etapa final foi uma mescla de estradões com médias de velocidade justas em uma fazenda sensacional. O chão estava liso e com lama, e foi bem ‘pegado’. Andamos forte mesmo nos setores mais escorregadios. O Tiago foi extremamente competente nos acertos das metragens. Foi show”, contou Schmidt. 

Na Graduados, Rui Cesar Schmitz e André Lenger chegaram à última etapa na liderança, porém, com os concorrentes bem próximos na pontuação. Mas, com o segundo lugar obtido na etapa, eles sagraram-se campeões da temporada. “Ser campeão Catarinense, no meio de grandes competidores é muito bom. Santa Catarina é o celeiro de navegadores e pilotos, e agora, eu me encaixo entre eles; é gratificante. Estou feliz com essa conquista, foi tudo perfeito”, falou Lenger, que completou. “Nessa temporada tivemos altos e baixos, flutuávamos nos resultados entre campeão do dia até a quarta colocação, mas sempre mantendo a regularidade de pontos e abrindo mais vantagens sobre os concorrentes”

Pela Turismo, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade chegaram à etapa final na segunda posição do ranking e terminaram campeões. “O sentimento é único! Nós não imaginávamos conquistar esse título pois ele foi muito disputado. Mas o melhor de tudo, foi ser campeão ao lado do meu pai, que ficou feliz demais com esse resultado”, comemorou Bernardo. 

Já pela Turismo Light, Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte foram à quinta etapa do Catarinense apenas para confirmar o título, uma vez que, ao longo do ano, eles abriram uma vantagem significativa para os adversários, impossível de ser alcançada nesta etapa final. “Estamos felizes por esse título de campeão 2019. Agradeço a Deus por ter nos guiado e protegido nossos caminhos. Essa conquista tem um sabor especial, pois tivemos muita dedicação e persistência”, agradeceu Modolon. 

Na categoria Pais e Filhos, Osmar Fleischmann e Vitor Fleischmann foram os campeões. “Foi meu filho quem ganhou este campeonato, ele esteve focado e obteve uma importante evolução em todas as etapas. A temporada do Catarinense foi impecável e, sobre ser campeão, o sentimento é maravilhoso”, salientou Osmar, que também foi campeão do Transcatarina 2019, ao lado do filho. 

Moacir José Cunhago e Aline Klug foram os melhores na categoria Universitário 4x2, demonstrando muito interesse pelo esporte e vontade de evoluir cada vez mais. “Estamos felizes com esse resultado. O entrosamento da nossa dupla foi fundamental para o saldo positivo no campeonato”, avaliou o piloto, que pontuou. “Dificuldades existem em todas as etapas, mas essa em especial foram as médias de velocidade mais altas. A prova foi bem elaborada e exigiu bastante da dupla”

Novidade na temporada 2019 do Catarinense, as categorias UTVs e Quadriciclos vieram para abrilhantar ainda mais este evento e, os primeiros competidores que colocaram o nome no hall de campeões, foram Roberto Keller e Marcelo Ritter. “O Rech é um dos melhores organizadores de rali da atualidade e, com isso, tivemos um campeonato excelente, com etapas desafiadoras. Estamos felizes com o resultado e queremos repetir em 2020”, disse o piloto. 

E pela categoria Quadriciclos, na disputa entre irmãos, o campeão foi Ricardo Luiz Santos. “Sou o primeiro campeão catarinense na categoria, em uma disputa bem acirrada com os outros pilotos. Foi a coroação de um trabalho feito com comprometimento e fiquei satisfeito com isso. A temporada foi bem legal, deu visibilidade para os Quadriciclos e, agora, temos que desenvolver ações para trazer mais participantes para 2020. O Catarinense está crescendo!”, destacou Ricardo. 

* Resultado completo do campeonato: https://bit.ly/32foyJo

O Campeonato Catarinense de Rally Regularidade está confirmado para 2020, com abertura no dia 25 de janeiro, em São Bento do Sul. 

 

Pré-calendário 2020

(sujeito a alterações) 

1ª etapa – 25 de janeiro

2ª etapa – 07 de março

3ª etapa – 20 de junho

4ª etapa – 01 de agosto

5ª etapa – 17 de outubro

6ª etapa – 05 de dezembro

 

O Campeonato Catarinense de Rally Regularidade tem patrocínio de GS 4x4 Performance, Trilha SC Concessionária Troller, Can-Am, Montreal Powersports, Mega Jet & Boats, Sanáutica, Cooper Tires, DSTRAC Performance 4x4, Gratt Indústrias de Máquinas, A2M Motorsport-Vtrek, Tecnnic Eletrônica Industrial, Imóveis Crédito Real e Multital Factoring.

Apoio: Clube do Jipeiro Joinville, Jeep Clube São Bento e Jeep Clube de Florianópolis

Supervisão: FAUESC e FCM

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.