Terça-feira, 14 de Julho de 2020
UNIMED MARÇO

EsporteReunião virtual com presidentes de Federações Estaduais discute situação do tênis de mesa na pandemia

Postado 3 semanas atrás Fonte: CBTM

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) realizou, na noite desta terça-feira (23), uma reunião virtual com os presidentes de Federações Estaduais da modalidade. Em pauta, além de questões burocráticas de interesse de todos, uma atualização sobre as ações por conta da pandemia do novo coronavírus, que afetou diretamente a realização de eventos esportivos no país.

Em razão do aumento de novos casos da doença no Brasil, a recomendação neste momento é de prudência e discernimento, por conta do risco à saúde dos atletas. A CBTM já havia publicado um documento com orientações aos clubes e academias para medidas de segurança em caso de retorno aos treinamentos, mas segue sem nenhuma previsão de retorno das competições TMB Platinum, TMB Challenge e TMB Challenge Plus, suspensas desde março. O protocolo de competições está em fase final de revisão para publicação, tendo como base o documento publicado pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF).

Há estudos na CBTM para, futuramente, permitir a realização de eventos menores, dentro de clubes, com menos atletas, sem público e fluxo controlado. Também serão estudadas as questões relativas ao ranking, em razão de alguns estados poderem ter um retorno antecipado em relação a outros que não consigam realizar eventos por conta de aspectos sanitários.

Por fim, debateu-se questões relacionadas com a documentação das entidades filiadas, sendo que a CBTM se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário.

Participaram da reunião, que foi conduzida pelo presidente Alaor Azevedo, com a participação do diretor da entidade, Geraldo Campestrini, e do secretário geral, Pablo Ribeiro, os presidentes das Federações do Maranhão, George Cabral; Pernambuco, André Silva; Piauí, Jadelson Ribeiro; Ceará, Valberto Almeida; Rio Grande do Norte, Tiago Martins; Mato Grosso, Sandro Abrão; Mato Grosso do Sul, Marco Tavares; Distrito Federal, Joran Freire; Rio de Janeiro, Rosiane Viana; Minas Gerais, Renato Belisário; São Paulo, Lidney Castro; Paraná, Edson Marroque; Santa Catarina, Vilmar Schindler; e, Rio Grande do Sul, Marco Bandeira.

 

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.