Domingo, 18 de Agosto de 2019

ArtigosSol sustentável

Postado 3 meses atrás Fonte: Alexandre Sperafico

Por ano, o sol irradia 10 mil vezes a energia consumida pela população mundial, hoje 7 bilhões de pessoas. Energia solar é uma energia limpa, renovável e sustentável. Ocupa pouco espaço, exige manutenção mínima e, o mais importante, reduz as emissões de gases de efeito estufa. Hoje, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, é preciso pensar sobre os perigos de ignorarmos a tarefa de cuidar do mundo em que vivemos. É urgente a utilização de fontes renováveis energia.

Levanta a mão quem já chegou à casa de um amigo, a um restaurante ou mesmo a uma reunião de negócios e perguntou: tem alguma tomada que eu possa usar? É curioso pensar que essa situação, tão corriqueira hoje em dia, exemplifica muito bem como estamos cada vez mais dependentes de energia elétrica. Sem ela, nossa vida pode ser muito afetada. E isso vale para empresas, casas, governo, hospitais, meios de transporte etc. A verdade é que a sociedade está cada vez mais digitalizada e consequentemente vê crescer a demanda por energia.

A utilização da energia solar é um assunto que desperta cada dia mais interesses no Brasil. Empresas e consumidores estão em busca de fontes alternativas e principalmente renováveis. Além de limpa essa fonte é de fácil instalação e requer pouquíssima manutenção.

A redução de até 95% no valor da conta da eletricidade torna o futuro promissor para a energia solar. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil deverá ter um salto de 44% na capacidade instalada de energia solar em 2019, o que levaria o país à marca de 3,3 gigawatts (GW) da fonte em operação.

O crescimento do acesso a este tipo de energia vem aliado a redução do valor do investimento, o preço desta tecnologia caiu aproximadamente 50% comparado com o que era preciso investir ha cinco anos. Além disso, hoje em dia instituições financeiras e cooperativas de crédito têm disponibilizado diversas formas de financiamento, tanto para projetos residenciais quanto para indústrias e agronegócio.

Em Mato Grosso, existe ainda a possibilidade de aquisição dos equipamentos de forma parcelada no cartão de crédito. Outra modalidade é a compra unitária dos equipamentos, o que possibilita investimento contínuo e programado conforme a capacidade financeira. O Estado, aliás, possui um grande potencial de crescimento, pois conta com condições climáticas propícias para o sistema.

O investimento para a produção desse tipo de energia tem crescido também em Cuiabá, a Enerzee, possui duas usinas de energia solar em pleno funcionamento,

A versatilidade dos sistemas de energia solar torna possível que o projeto seja adaptado para necessidades em escala residencial ou industrial. No caso de empresas, por exemplo, a geração pode se tornar em um investimento de longo prazo. Com retorno sobre o investimento estimado para ocorrer, em média, dentro de cinco anos.

Este caminho sustentável tem dado novos rumos a economia ao consumo e deve guiar novo estilo de vida hoje e  no futuro.

Alexandre Sperafico, CEO da Enerzee

 

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.