Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
UNIMED MARÇO

Bate ProntoSOS XAVANTES

Postado 2 semanas atrás Fonte: REDAÇÃO

A pandemia da Covid-19 se alastra velozmente entre o povo Xavante. Em 24 horas entre esta sexta e sábado (27), houve mais 10 mortes nas aldeias do Mato Grosso, onde vive a quase totalidade dos 22 mil Xavante. Segundo dados do Ministério da Saúde e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, a taxa de letalidade na população Xavante alcançou 11,7%, índice 160% maior que a atual média da população brasileira (4,5%).

 

As entidades que lançaram a campanha A'UWE TSARI – SOS XAVANTE renovam o apelo por doações urgentes para que possamos salvar essa população do genocídio. É imprescindível instalar uma Unidade de Saúde Avançada próxima das aldeias mais impactadas, além de fornecer equipamentos sanitários e segurança alimentar.

 

As doações podem ser feitas de duas maneiras:

1.Na página https://www.captar.info/campanha/sosxavante/

2.Na conta da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Centro-Norte (CNPJ 33.710.419/0001-96) no Banco do Brasil (agência 3325-1 e cc 40 6895-5).

 

A campanha A'UWE TSARI – SOS XAVANTE foi lançada na quarta-feira (24) de junho pelas seguintes entidades: Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT/CN), Federação dos Povos Indígenas do Mato Grosso (Fepoimt), Condisi Xavante (Conselho Distrital de Saúde Indígena Xavante), Sindicato dos Bancários de Brasília, Expedicionários da Saúde, Operação Amazônia Nativa (Opan), The Nature Conservancy Brasil, Revista Xapuri e inúmeras personalidades nacionais e internacionais.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.