Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
JBS

PolíticaSTF manda soltar conselheiro Waldir Teis acusado de tentar destruir provas

Postado 1 semana atrás Fonte: redação

Na noite desta sexta-feira(31) o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Tófoli, atendeu o pedido da defesa do conselheiro do TCE afastado  Waldir Júlio Teis e concedeu um habeas corpus para que ele deixasse o centro de custódia.

Ele estava preso desde 1º de julho quando foi flagrado descendo 16 andares de escada do prédio comercial onde se localizava o escritório que seriam provas nas  investigações da Operação Ararath e foi acusado de obstrução da justiça.

Teis foi afastado com outros conselheitos  na Operação Gerion - a 16ª fase da Ararath - no dia 17 de junho. Esta fase da operação investigava a "lavagem de dinheiro" da propina supostamente paga pelo ex-governador Silval Barbosa aos conselheiros do TCE.

No dia que tentou se lvrar dos cheques, um policial federal o seguiu e conseguiu interceptar. Os valores passavam de R$ 460 mil cheques.

O STF atendeu o pedido da defesa que alegou que ele já havia esclarecido a origem dos cheques para a Polícia Federal e que eles não tinham relação com as investigações da Operação Aratath. Além do que como tem 66 anos e é do grupo de risco para coronavírus já que tem outras comorbidades, ele serásolto.

O alvará de soltura deve ser encaminhado para a Justiça Federal de Mato Grosso e um oficial de Justiça será designado para ir ao CCC dar cumprimento à ordem.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.