Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

Política“Votei conforme o clamor popular”, diz Dr. Leonardo sobre Coaf no Ministério da Justiça

Postado 4 semanas atrás Fonte: Jardel P. Arruda

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) lamentou a rejeição da proposta de manter o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça e Segurança Pública. Na votação da Medida Provisória 870/19 que reestrutura os ministérios do governo Bolsonaro, na noite desta quarta-feira (22.05), o plenário da Câmara decidiu, por 228 a 210 votos, tirar o Coaf da Justiça, comandado por Sérgio Moro, e devolvê-lo ao Ministério da Economia, sob a gestão de Paulo Guedes.

 

“Votei sim, favorável à Medida Provisória, votei com Moro, conforme o clamor popular, para que o Coaf ficasse junto do Ministério da Justiça. Era uma mudança em defesa do combate à corrupção, que apoio. Fomos derrotados, mas é a democracia. Seguiremos na luta por um Brasil melhor”, afirmou Dr. Leonardo.

 

Criado em 1988, o Coaf é um órgão de inteligência financeira que investiga operações suspeitas. A estrutura fazia parte do Ministério da Fazenda até o fim do governo Temer.

 

Pelas redes sociais, Moro não escondeu sua decepção com o resultado que representou uma derrota para sua gestão. “Lamento o ocorrido. Faz parte do debate democrático. Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o Ministério da Justiça e o plano de fortalecimento do Coaf”, afirmou ao Estado.

 

O órgão teve participação ativa na Operação Lava Jato e sua incorporação à Justiça foi um pedido do ex-juiz a Bolsonaro ao assumir a pasta.

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.