Nova modalidade olímpica, o skate tem chamado a atenção dos jovens

Com o sucesso dos skates nas olimpíadas de 2021, sediadas no Japão, onde os atletas brasileiros conquistaram 12 medalhas distribuídas nas modalidades park e street masculina e feminina, aconteceu uma maior procura pela prática do esporte, com isso, aumentou também o número de lesões ortopédicas nos iniciantes.

O presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, regional Mato Grosso (SBOT-MT), médico ortopedista Dr. Vitor Spalatti explica que, por ser uma atividade radical a prática exige alguns cuidados. “Em primeiro lugar, é preciso buscar um instrutor profissional e garantir um treinamento adequado, para só então se inserir nesse esporte que vem inspirando uma gama de jovens interessados em aprender sobre a nova modalidade olímpica”, ressalta ele.

Como tudo na vida, é necessário sair da zona de conforto para evoluir, mas que seja de forma gradual e nunca se arriscar demais ou tentar algo fora do alcance de suas habilidades, pois isso pode levar a lesões graves. Mais da metade dos ferimentos envolvem abrasões, contusões e fraturas, acometendo o cotovelo, o punho e o antebraço.

As mais comuns são entorses, que podem ser acompanhados de lesões nos ligamentos, principalmente dos joelhos e tornozelos. Já as fraturas acontecem com maior frequência nos punhos e cotovelos.

Para se prevenir de possíveis acidentes, é recomendado o uso dos equipamentos de proteção como capacetes, cotoveleiras, joelheiras, luvas e tênis apropriados, que são extremamente úteis e evitam a maioria das lesões mais sérias, além de dar conforto, estabilidade e um estilo a mais.

“Utilize skates que sejam regulamentados e não deixe de revisar e ajustar as peças com frequência para manter o equipamento seguro. É importante salientar que como qualquer outro esporte, antes de começar, é bom fazer um aquecimento antes e procurar sempre locais adequados para a atividade”, destaca o ortopedista Dr. Vitor Spalatti.

Em caso de dores, quedas ou lesões, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia orienta a busca por um médico ortopedista titular SBOT.

Fotos: Pixabay 



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL