Quem manda em Cuiabá, é o prefeito da Capital, ponto final, enfatiza Emanuel após audiência sobre BRT

Após às declarações do secretário adjunto da Sinfra Rafael Detoni que os ônibus adquiridos pela prefeitura de Cuiabá não serão compatíveis para fazer a integração nos terminais do BRT o prefeito Emanuel Pinheiro(MDB) mandou um recado ao secretário.

“Quem manda em Cuiabá, é o prefeito da Capital, ponto final. Ainda tive o cuidado de autorizar porta dos dois lados, digo que o BRT dificilmente vai sair. Mesmo sendo árduo defensor do VLT, quando comprei, pedi do lado esquerdo para que houvesse essa possibilidade do outro modal”, disse o prefeito.

Detoni alega que por conta de terem rampas altas não seria possível a integração , quando o correto seria rampas baixas .
O prefeito rebateu novamente e disse que em nenhum momento o governo do Estado avisou ao município sobre esse dado específico em relação a rampas serem altas ou baixas.

“Esse anteprojeto fica mais caro. É um tapa na cara da sociedade. Precisamos trazer para Cuiabá o que há de melhor e moderno. Só o VLT consegue trazer isso para a população”, finalizou Emanuel, defensor do VLT.


FOTO SECOM CUIABÁ 



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL