Idosa dada como morta em Guiratinga acorda no velório

Dona Carolina Lopes de Almeida, 93 anos, conhecida carinhosamente como ‘Dona Caluzinha’ foi dada como morta em Guiratinga, MT e enquanto estava sendo velada acordou dentro do caixão.

Segundo a história, Dona Caluzinha, já com idade bastante avançada, com saúde bastante debilitada e vítima do Alzheimer há 20 anos, foi dada como ‘morta’ no início da manhã desta sexta-feira (08).

Durante o velório, um familiar segurou a mão dela e notou que estava quente e com sinais vitais.

A família então procurou uma unidade de saúde, um médico e uma enfermeira foram ao velório, examinaram o corpo e atestaram a idosa viva.

O caixão foi removido com o corpo de Dona Caluzinha ao hospital, onde foi internada e várias manobras de ‘ressuscitação’ foram tentadas, já que apesar de apresentar os sinais vitais, a idosa permanecia inconsciente.

Porém por volta das 19 horas Dona Carolina teve a morte constatada na unidade de saúde por outra equipe médica.

Dessa vez, fato consumado, o velório aconteceu pelo tempo necessário e a idosa sepultada na manhã de sábado (09).
 

 

FOTO ILUSTRATIVA CENTRAL CEMITÉRIOS



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL