Procurador da AL entra com pedido para manutenção de Russi na presidência da casa de leis


O procurador-geral da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL/MT), Ricardo Riva, ingressou com um pedido formal ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que a composição da mesa diretora atual seja mantida, ou seja, Max Russi(PSB) fique como presidente da AL.

Segundo o procurador, Botelho concorreu ao cargo em fevereiro deste ano, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou nova eleição já que a Constituição veta sucessivas reeleições para a Câmara dos Deputados, Senado Federal e, dessa forma, a medida também cabe às Assembleias Legislativas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, mediante liminar do ministro Alexandre de Moraes, uma nova eleição, que deu vitória a Max Russi por 20 votos sim, 1 voto não e 2 brancos.

Alegando que como a Casa de Leis já aprovou e promulgou uma emenda à Constituição Estadual que também proíbe a reeleição a qualquer caso da Mesa Diretora dentro da mesma legislatura, o julgamento da Adi para que Eduardo Botelho do antigo DEM fosse reconduzido já ficasse sem sentido.

Até o momento, o pedido de recondução tem voto contrário do ministro Alexandre de Moraes e votos favoráveis dos ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. O julgamento deve ser retomado no próximo dia 22 e concluído até o dia 3 de novembro.


foto AL 



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL