É um dever processual informar a situação, diz Max Russi sobre caso ser levado para STF


"É um dever processual informar a situação. Estou procurando segurança jurídica, só isso. Isso é obrigação da Casa fazer, cada um interpreta de uma forma", disse Russi nesta segunda-feira (11).

Botelho diz que Russi não consultou a mesa diretora e que a Procuradoria da Assembleia é exclusivamente para defender os interesses da Casa Legislativa e não o presidente da Assembleia ou qualquer outro deputado.

De qualquer forma, ainda falta a votação de 7 ministros para se definir se Russi fica ou se Botelho volta.

Por enquanto o placar está 2 votos a favor e 1 contra.

foto AL 



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL