Base de Emanuel acredita em reversão da decisão que o tirou do comando do Alencastro

Apesar de mais de 30 dias afastados do comando do Palácio Paiaguás, a base de apoiadores do prefeito Emanuel Pinheiro(MDB) está confiante na reversão da decisão que o afastou.

Um dos afastamentos inclusive já foi resolvido, falta apenas um, porém esse só deve ser julgado no dia 16 de dezembro pelo Tribunal de Justiça.

De qualquer forma, pessoas ligadas ao prefeito acreditam na recuperação da imagem dele como homem de força política e que pode até chegar ao governo na eleição de 2022.

Os próprios vereadores estão sentindo o apoio ao prefeito nas suas bases eleitorais que são contra que seja aberta uma comissão processante contra o prefeito afastado para tentar cassar seu mandato.

De qualquer forma, Emanuel continua recluso e tranquilo esperando a decisão da justiça, cumprindo todas as determinações e se colocando a disposição para se resolver os fatos.

 

 

foto secom cuiabá



INFORMES PUBLICITÁRIOS

ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL