21 pessoas são presas em operação em Guarantã, Peixoto e Matupá

Em uma operaçãoda  conjunta entre a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal  ontem à noite, em Guarantã do Norte, Matupá e Peixoto de Azevedo. 21 pessoas foram presas e 16 motoristas tiveram as carteiras nacionais de habitação (CNHs) recolhida, sendo 4 em Guarantã, 7 em Matupá e 3  em Peixoto. 

Em Guarantã cinco veículos foram apreendidos, em Peixoto cinco e Matupá dois e aplicados 26 autos de infrações de trânsito. Ao total quatro Certificados de Registro e Licenciamento de veículo (CRLV) foram recolhidos.

Mesmo em pandemia as pessoas continuam comentendo delitos desrespeitando a Lei Seca. A operação também foi para conscientizar os motoristas dos riscos de dirigirem sob efeito de bebida alcoólica quanto a aplicação do teste do bafômetro, que não é obrigatório, mas ao ser negado, o condutor está sujeito a ser detido e sofrer mesma sanção se o resultado fosse positivo. Atualmente, o limite máximo permitido é de 0,05 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, ou seja, quase zero.

 

INFORMES PUBLICITÁRIOS