Mulher que jogou cerveja no rosto de PM é presa na Praça Popular


Foi presa em flagrante por descumprir restrição imposta pela justiça, Nildes Silva, de 37 anos, foi presa novamente pela Polícia Militar, na noite desta quarta-feira (13), em um bar na Praça Popular, em Cuiabá.

Ela está proibida de frequentar bares a noite e estaria com a tornozeleira eletrônica desligada.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram a jornalista sendo detida em um dos bares da Praça Popular. Os policiais seguiram até onde ela estava e a levaram para a viatura. Nas imagens, é possível ver a tornozeleira eletrônica em uma das pernas da acusada.


Na decisão da juíza plantonista Ana Graziela Vaz Correa, que decretou liberdade provisória à jornalista, consta que ela está proibida de comparecer e frequentar bares, boates e congêneres.

Além de outras medidas, a magistrada ainda condicionou a suspeita ao comparecimento em reuniões dos Alcoólicos Anônimos por um período de seis meses.

Agora com a desobediência ela deve ter revogada a liberdade provisória com decretação de sua prisão.
 

Segundo informações ela teria sido solta 3 horas depois da prisão.

 

FOTO REPRODUÇÃO



ENQUETE

Você pretende se vacinar?
PARCIAL